quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

era uma vez


uma maçã
e um monstro

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

No casulo

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Liberdade para voar


Sentir o vento no rosto ao descer a ladeira
Pulso firme para enfrentar os obstáculos
No peito àquela felicidade da infância
E um largo sorriso no rosto.

sábado, 15 de agosto de 2009

Ela


O que será que ela tem na cabeça?

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

El ultimo año

Yo aprendí que hay que aprovechar las oportunidades.
Ahora no puedo olvidarme.

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Galináceas


Uma família feliz no aconchego do lar!

sexta-feira, 10 de julho de 2009

O adeus...

... em silêncio.

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

tempos

Fica ali, no caminho.
Nem sempre se destaca na paisagem.
Mas continua a representar.
No compasso da dança a balançar
Para guardar os amores
E espantar todos os dissabores.